Dicas
Hora do sono: colocando o filho para dormir de forma eficaz

Hora do sono: colocando o filho para dormir de forma eficaz

É comum que a criança faça birra para dormir, mas isso não deve se tornar uma rotina. Veja como facilitar a hora do sono

Para muitos responsáveis, a hora de dormir é um momento complicado. A criança acaba agitada, com medo e só pega no sono no meio da madrugada. É um problema tanto para ela, que fica com hábitos desregulados, quanto para os pais, que também acabam sofrendo durante a noite. Então, o que fazer? 

Um bom pijama infantil já indica para a criança que é hora de dormir, bem como oferece conforto para que ela durma com tranquilidade. Contudo, há outras técnicas que podem ajudar a estimular o sono e a ter uma noite mais tranquila. Veja o que fazer:

Banho

Um bom banho sempre facilita a hora do sono. Em dias mais amenos, a água morna a quente ajuda a relaxar; nas temperaturas quentes, o banho frio refresca. Além disso, a criança provavelmente não vai querer se sujar depois de se sentir limpa. 

Horário fixo

Outro fator muito importante é a rotina. Quando a criança tem um horário estabelecido para dormir e para acordar, o sono vem com mais facilidade. Ademais, o local deve ser o mesmo, pois o local próprio faz com que ela se sinta segura e que, consequentemente, durma com mais rapidez.

Tempo de qualidade

Em muitos casos, a criança tem pouco tempo de contato com os pais e, por isso, enrola na hora do sono para ficar mais tempo com eles. Então, tenha um convívio de mais qualidade com a criança, mesmo que ele seja um período curto por dia. Aproveite pelo menos 10 minutos para brincar, para conversar ou para corrigir a lição dela. 

Roupas confortáveis

Como dito, um pijama confortável ajuda a criança a dormir com mais qualidade, mas também é interessante que as roupas sejam bonitas, ou seja, tenham personagens e cores que sejam de gosto dela. Esses pequenos detalhes, que podem parecer bobagem, na verdade, deixam a hora do sono muito mais aconchegante e divertida. Afinal, é claro que ela vai colocar a roupa com seu super-herói preferido para se sentir mais segura na hora de dormir.

Leve esse detalhe também para a cama: colcha, lençol, edredom e travesseiro também podem ser mais divertidos e lúdicos. Aproveite todo o potencial que um quarto infantil permite e deixe sua criatividade fluir.

Estímulos

Antes de dormir, é fundamental evitar alimentos e objetos estimulantes, que deixem a criança mais agitada. Chocolate, pimenta e cafeína, por exemplo, deixam a criança mais alerta e atrasam o sono. 

Outro fator importante é não dormir de barriga cheia. A última refeição deve acabar pelo menos duas horas antes de o pequeno dormir. Por exemplo: se ele dorme às 22h, precisa ter acabado de comer, no máximo, às 20h.

Obviamente, não são só os alimentos que deixam a criança alerta. Recursos eletrônicos, como celular, videogame e televisão, também atrasam a chegada do sono. Portanto, faça o mesmo: “desconecte” a criança pelo menos duas horas antes de dormir.

Para alguns pequenos, isso pode ser um pouco mais complicado de início. Então, o que fazer? Não os deixe entediados — a energia da criança não deve ser desperdiçada. Em vez disso, dê uma atividade mais relaxante, como um livro, as histórias em quadrinhos, os quebra-cabeças ou os livros de colorir.

Medos

Muitas crianças têm medo de dormir sozinhas — isso é normal, principalmente para aquelas que dormiam com os pais. Portanto, em vez de dizer ser uma bobagem, os pais precisam provar não haver o que temer.

Toda vez que o pequeno sentir medo, vá ao quarto com ele e olhe debaixo da cama, dentro do armário e pela janela. Deixe também uma luz baixa, para que ele não durma na escuridão plena, além da porta entreaberta, para deixá-lo mais seguro.

Um medo de “monstros” ou de criaturas do tipo não deve ser estimulado, tampouco ignorado. Por isso, o adulto deve “combater” esse temor da criança de maneira lúdica, mas sem dar atenção demais. Com o tempo, o normal é que ela acabe superando. 

Dormir sozinha

É importante que a criança consiga dormir sozinha. Se ela ficar dependente dos pais, pode acordar no meio da noite e ir até o quarto deles para voltar ao sono. Então, o ideal é sair do quarto quando o pequeno estiver sonolento, mas não dormindo ainda. 

O tempo pré-sono, no entanto, deve ser de qualidade. Contar uma história e cantar uma música de ninar aumentam o contato entre pais e filhos. Ambos podem ser personalizados: pegue uma canção já conhecida e adapte a letra com o nome da criança e com alguns hábitos dela, por exemplo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *